domingo, 25 de maio de 2014

Parar, não sei.

Disse que ia parar a contagem, contei.
Disse que não iria mais olhar para o céu, olhei.
Disse que já era o fim, recomecei.


Ao som dessa musica, retorno do caos sonoro para a calmaria do céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário