domingo, 3 de julho de 2011

Pierrot, não quero mais chorar..

 Sabe o sorriso que se abre quando não há outra forma de expressar a tristeza por lagrimas?
ai você ver que é um bolo de sensações que é minuciosamente dividido pra cada músculo da face, fazendo que tudo se exploda em uma gargalhada melancólica que feri  a consciência. Jamais eu deixarei o primeiro, virar segundo e nem sucessivamente,  isso é lógica. Hoje aquilo que era primeiro desapareceu por achar que era ultimo em minha vida, pois pensou que meu esforço mental para se tornar alguém era seu inimigo mortal, que meu culto ao altíssimo era desculpa para não velo , que meus irmãos de batalhas passadas passariam por cima da sua posição... pobre alma não sabe o que é ser segundo, sua prepotência me enoja... que você engula essa monossílaba individualista e coloque para fora o coletivo, se não perderas completamente os reais amigos e ganharas os falsos, que esperam pacientemente a tua queda para rir e debochar da derrota que tens, em fim , não sofra  não quero mais chorar  por você, pelo contrario formara em meu rosto o sorriso que a muito se escondeu por de traz de uma lagrima já cravada em meu rosto.

2 comentários: